Leo Ar
Ser Universitario
 

Intercâmbio: por que embarcar nessa ideia?

24/10/2016 - 13:39h

<a href="/estude-exterior">Intercâmbio</a>: por que embarcar nessa ideia?

Estudantes vão esclarecer mitos e verdades sobre estudar e trabalhar fora do país

 O curso de Jornalismo do UBM – Centro Universitário de Barra Mansa – realizará na próxima terça-feira (25) uma roda de conversa com o tema “Intercâmbio: o que é? Como fazer?”. Para esclarecer eventuais dúvidas e contar suas vivências fora do país, as convidadas serão as jornalistas Brena Lacerda, Victória Amaral e Edurne Miravete, que são egressas do curso. Os destinos escolhidos por elas foram os mais diversos: Inglaterra, Irlanda e Grécia, que é o caso de Vitória, Brena, nos Estados Unidos, e Edurne, na Espanha. O encontro será às 19h, no Salão Nobre Prof. Jayme Dantas, no UBM campus Barra Mansa.

A atividade tem o intuito de promover uma troca de ideias e saberes entre egressos com experiência no assunto, além de saber, por quem já vivenciou, quais os procedimentos para realizar um intercâmbio e como ele pode contribuir para o crescimento cultural, pessoal e profissional dos acadêmicos. “Eu vivi experiências que nunca tinha sonhado viver, conheci lugares incríveis de se descrever, passei por situações que me fizeram crescer tanto como pessoa e, por que não, como profissional também. Descobri um novo estilo de escrita, ao começar o blog [Bem Por Aqui]. Descobri que dá pra escrever bem sem precisar estar triste. Porque, honestamente, eu estava feliz como eu nunca tinha estado antes”, conta Brena, que passou dois anos nos Estados Unidos trabalhando também em um programa de Au Pair.

O evento é organizado pelo curso de Jornalismo e tem o apoio da Diretoria de Extensão e Relações Comunitárias e da Assessoria de Marketing e Comunicação do UBM. Será gravado e disponibilizado no canal do curso de Jornalismo no YouTube (www.youtube.com.br/comunicaubm).  

Mas por que fazer um intercâmbio?

O Mercado De Trabalho valoriza ainda mais estudantes e profissionais que já passaram por atividades como um intercâmbio, das grandes às pequenas instituições, variando da área de conhecimento. Até mesmo nos programas de seleção para trainee essa experiência é um diferencial no currículo do candidato. “Eu, pessoalmente, precisava fazer um intercâmbio - pelo lado profissional, pelo inglês, pela independência que você ganha, pela maturidade, pela liberdade em si”, ressalta Brena.

Segundo o coordenador do curso, Professor Alvaro Britto, “a ideia e iniciativa de realizar uma palestra sobre intercâmbio foi de um grupo de alunos que percebeu um grande interesse sobre o tema entre os estudantes”. Ele concorda que é um tema de relevância entre os alunos e deve ser colocado em pauta, levando em consideração também a parte burocrática e os programas de incentivo disponíveis. “Infelizmente, o atual governo acabou com o programa Ciência sem Fronteiras para graduação, limitando as possibilidades de busca de financiamento para o intercâmbio”, acrescenta o coordenador.

 

 


Fonte: UBM



Mais notícias
Veja todas as noticias